• 44 3423-2538
  • Rua doutor Silvio Meira de Sá Bezerra, 200, jardim progresso, Paranavaí - Paraná

CERÂMICA TERRACOTA – ORIGEM

cerâmica terracota é constituída por argila cozida. Além de ter a utilização decorativa, ela também é utilizada na construção, como na confecção de tijolos, por exemplo. O nome terracota originou-se por conta de sua cor, que está entre o laranja e o marrom.

A principal característica da cerâmica terracota é a baixa resistência mecânica e alta porosidade. A queima deste material é feita em forno com temperatura em 900ºC.

Cerâmica terracota: a origem

Talvez a mais antiga das artes, a terracota está presente em diversos objetos desde o início da humanidade.

Os primeiros objetos feitos de cerâmica terracota datam do período Paleolítico. Eram utilitários e também objetos artísticos, como as estátuas conhecidas como Vênus paleolíticas. No período Neolítico, os objetos feitos de cerâmica terracota encontrados eram utilitários, como pratos e urnas.

O material foi amplamente utilizado pelo mundo todo, principalmente no Oriente Médio e Ásia.

A terracota também foi utilizada no Brasil no período colonial. As imagens sacras eram feitas deste material.

A produção da terracota e suas utilizações

A cerâmica terracota é moldada principalmente com o barro e argila e dá origem a utensílios, peças decorativas, objetos de arte e uma infinidade de produtos criados pelo homem.

Mas sua produção não é feita com qualquer argila. Essa deve ser escolhida cuidadosamente, procurando uma que tenha durabilidade após a queima, a fim de evitar perdas por quebra. A produção mais rudimentar tem a queima feita diretamente ao sol, mas a queima mais efetiva dessa cerâmica é feita em fornos ou fogueira.

As peças feitas em terracota podem receber acabamentos diversos, como a vitrificação, pintura, verniz ou esmalte.

Escreva um Comentário