• 44 3423-2538
  • Rua doutor Silvio Meira de Sá Bezerra, 200, jardim progresso, Paranavaí - Paraná

SABIA QUE SEU TELHADO E SUA PAREDE PODEM RESPIRAR?

O fibrocimento é um dos materiais mais versáteis empregados na construção civil e é usado em uma vasta gama de aplicações, desde coberturas, fachadas, forros, contrapisos, mobiliários, painéis wall, etc … Cada uma destas aplicações tem seus pré-requisitos de uso e, alguns deles não são totalmente atendidos pelas propriedades intrínsecas ao fibrocimento, devendo então ser otimizados por meio de tratamentos superficiais, popularmente chamados de “silicones”.

Respirabilidade: no que tange ao seu uso como cobertura e fachadas, os produtos de fibrocimento da Infibra em 100% dos casos recebem um tratamento hidro-repelente a fim de evitar eventuais vazamentos/umidade no interior da edificação.

O principal requisito de um bom hidro-repelente, como o da Infibra, é que o produto aplicado seja respirável – característica que torna possível minimizar ao máximo a entrada da água permitindo, porém, a passagem do vapor de água. Sem o requisito da respirabilidade o material estará mais sujeito a patologias, como trincas surgidas quando estiverem instalados.

Pintura: é necessário cuidado caso deseje pintar posteriormente o material, pois não são todos os “silicones” que aceitam pintura posterior. Não é o caso das telhas da Infibra, que já são tratadas com estes produtos indicados e aceitam pintura.Os que desejarem pintar as telhas de fibrocimento devem optar por tintas próprias para telhados. Em geral são tintas acrílicas que não trincam com a movimentação do material. São também adequadas as tintas minerais, sendo mais permeáveis ao vapor, de maior durabilidade às intempéries, mas de maior preço que as acrílicas. Se optarem pelas tintas minerais, não é necessário pintar o verso da telha. Já as acrílicas é necessário pintar ambos os lados ou pintar a superfície e aplicar um primer no verso.

Mobiliário: o uso das placas cimentícias como mobiliário ou aplicadas na horizontal (contrapiso ou painel wall) requer que o material tenha elevada resistência química para evitar o surgimento de manchas, além de elevada resistência ao risco. Minimizar a entrada da água é igualmente importante. Para atender tais requisitos outros tratamentos superficiais são necessários. Deve-se optar por tintas ou vernizes próprios para piso. São formulados com resinas mais duras que as empregadas em tintas/vernizes para telhados o que dará maior resistência ao risco. Importante certificar se o produto adquirido é para área interna ou externa.

Por fim, conclui-se que é necessário sempre um cuidado especial na seleção dos tratamentos superficiais posteriormente aplicados ao fibrocimento. Eles podem otimizar a performance do produto, mas também ocasionar patologias. A entrada de água deve ser barrada pelo fibrocimento, mas sem bloquear a passagem do vapor d’água pois o produto pode e deve respirar naturalmente sem que seu desempenho seja comprometido.

Escreva um Comentário