• 44 3423-2538
  • Rua doutor Silvio Meira de Sá Bezerra, 200, jardim progresso, Paranavaí - Paraná

USO DA CAL NA PINTURA

 

cal para pintura, também conhecida como caiação, é utilizada desde a antiguidade para corrigir imperfeições de paredes. Fácil de aplicar – basta misturá-la com água. Ela combate fungos, germes e bactérias responsáveis pela formação de manchas causadas por infiltrações. Tem bom custo-benefício e garante ótima aderência à superfície.

Além de ter origem natural, o material é isento de compostos orgânicos voláteis, substâncias tóxicas presentes nas fórmulas das tintas industrializadas.

 

cal para pintura

Onde usar cal para pintura?

A cal para pintura pode ser aplicada em paredes externas e internas, principalmente em superfícies porosas e ásperas – como alvenaria de bloco de concreto –, revestidas com argamassa. Também é recomendada para casas em sítios, onde há muita umidade. Pode ser usada em residências antigas (cuja pintura original também foi à cal) e edificações que buscam aparência rústica.

Por não conter substâncias tóxicas, a cal é um dos produtos mais utilizados em hospitais porque tem poder bactericida que previne a formação de mofo e oferece maior poder de cobertura.

Por outro lado, essa solução não deve ser aplicada em superfícies lisas, como cerâmica, paredes que já tenham recebido tinta ou superfícies de concreto armado, pois não protege a armadura da corrosão. “A caiação também não pode ser feita sobre massa acrílica e corrida, pois não tem aderência”.

Opções de cal

Quanto mais fino e puro for o material, melhor é a qualidade da tinta. “A melhor é a cal virgem, mas ela exige muito tempo de preparo e de hidratação”. Para usos rápidos, a cal semi-hidratada é a mais recomendada. Já a cal hidráulica é indicada para obras de restauração, embora seja mais difícil encontrá-la no mercado.

Dicas de como usar

Em média, um saco de 8 kg de cal misturado com 16 litros de água rende uma pintura de 25 a 30 m². “O produto deve ser aplicado ao menos duas vezes, com intervalo de 24h entre as demãos. A primeira camada deve ser bem diluída para selar a superfície. E, a segunda, mais consistente para dar o acabamento final”.

Quando a composição química da cal é adequada, dispensa o uso de fixador. No entanto, impermeabilizantes e aglutinantes naturais podem ser aplicados na solução para aumentar sua durabilidade. Vale ressaltar que a superfície pintada com cal só pode ser lavada dez dias após a aplicação.

Entre em contato conosco, e faça seu pedido!

Escreva um Comentário