• 44 3423-2538
  • Rua doutor Silvio Meira de Sá Bezerra, 200, jardim progresso, Paranavaí - Paraná

USO DA CAL NOS CUIDADOS COM O BICHO DA SEDA

O bicho-da-seda é uma mariposa (Bombyx mori) que tem sua origem na Ásia, mais precisamente na China, onde já era domesticada desde 3000 a.C. A sua forma larval, que é uma lagarta, demora cerca de 30 dias para adquirir uma coloração amarelada. Nessa fase, ela começa a formar um casulo onde ocorre a metamorfose, até sua fase adulta, quando passa a se chamar imago. É o casulo que dá origem aos fios de seda, tão importantes na indústria de tecidos internacional. A criação de bichos-da-seda – a sericicultura – é muito importante para os pequenos agricultores, pois emprega mão de obra familiar. Daí a necessidade de se conhecer o seu manejo.

Atualmente, a criação do bicho-da-seda é feita em convênio com as empresas que compram os casulos. Geralmente, as empresas criam as lagartas durante as 2 primeiras etapas do ciclo larval. Em seguida, passam para o produtor, sendo criadas do 3° ao 5° ciclo. Essa criação é feita no início da primavera, pois se aproveita o crescimento da amoreira, que é a fonte de alimentação do bicho-da-seda. São aproveitadas as folhas da amoreira até o surgimento da 4ª ou 5ª folha. A entrega das lagartas é feita com a prévia organização dos produtores rurais junto a empresas fiadoras. Em algumas regiões, ela pode se estender a abril.

O bicho-da-seda produz um casulo do qual se extrai os fios, para formar um tecido de toque suave, cobiçado no mundo inteiro e que nunca sai da moda, muito importante para o setor têxtil.

Faz parte dos cuidados necessários à criação a aplicação de Cal Hidratada sobre as lagartas na cama, visando diminuir a umidade.

A Cal é aplicada por meio de polvilhamento, depositando-se uma fina camada sobre a superfície da cama.

Ela seca os resíduos que vão ficando (folhas, ramos, fezes etc.) e evita a fermentação.

A aplicação de cal normalmente é feita após as lagartas entrarem no “sono” e quando houver muita umidade no ambiente.

 

Escreva um Comentário